Adhemar Ferreira da Silva:
Um Brasileiro de Ouro.

English

"O HOMEM QUANDO VEM AO MUNDO NÃO SABE PARA O QUE VEM, OU PARA ONDE VAI. GRAÇAS AO ESPORTE, EU FUI LONGE. ESCAPEI DAS DROGAS E DA VIOLÊNCIA".

ADHEMAR FERREIRA DA SILVA, único atleta brasileiro com duas medalhas de ouro olímpicas, nasceu no bairro operário de Casa Verde em São Paulo, capital, em 29 de setembro de 1927.

Filho único de um ferroviário e de uma cozinheira, Adhemar foi um menino magro de pernas finas e compridas, que ocupava seu tempo livre ajudando seus pais a engrossar o dinheiro que era pouco, o que o mantinha longe das ruas e de confusões.
Próximo de completar os seus dezenove anos de idade, atraves de um amigo, conheceu uma pista de atletismo, em plena função. Entusiasmou-se com uma estranha modalidade;
o salto triplo.

Quando Adhemar Ferreira da Silva entrou na pista para disputar o salto triplo nas Olimpíadas de Heleinque na Finlandia em 1952, não esperava bater o recorde mundial que na época era de 16 metros, muito menos repetir o feito por quatro vezes na mesma tarde. Saltou 16,05m, 16,09m, 16,12m e 16,22m. Pela primeira vez, um atleta deu uma volta olímpica na pista, para ser aplaudido de perto pelo público. Nos jogos seguintes, em Melbourne, Australia, em l956, ganhou novamente a medelha de ouro,saltando 16,35m e estabelecendo novo recorde olímpico. Sua primeira competição foi no Troféu Brasil em 1947, obtendo a marca de 13,05m. É pentacampeão sulamericano e tricampeão pan-americano (1951,1955 el959). Venceu o campeonato luso-brasileiro, em Lisboa eml960. Foi dez vezes campeão brasileiro, tendo mais de 40 títulos e troféus internacionais.
Adhemar é escultor formado pela Escola Técnica Federal de São Paulo (1948), Educação Física na Escola do Exército, Direito na Universidade do Brasil (1968) e Relações Públicas na Faculdade de Comunicação Social Casper Libero (1990).

Foi Adido Cultural na Embaixada Brasileira em Lagos, Nigéria,entre 1964 e 1967.

Em 1956,foi ator na peça Orfeu da Conceição, de Vinicius de Moraes e no filme franco-italiano Orfeu do Carnaval em l962, que venceu o Oscar de melhor filme estrangeiro.


Atualmente Adhemar Ferreira da Silva trabalha para o Estado e faz parte da organização do GranPrix de Atletismo que acontece em maio no Brasil, fazendo parte do calendário da IAAF.
Texto - Adyel Santos.
Fonte posquisada: 1000 Que Fizeram o Século 20 - Isto É - The Times.
Fotos: Arquivo da familia Ferreira da Silva.

Herói Por Nós: Adhemar Ferreira da Silva, o Ouro Negro Brasileiro TANIA MARA SIVIERO   

Justa homenagem a Adhemar Ferreira, único campeão olímpico a trazer duas medalhas de ouro em Olimpíadas consecutivas (1952 e 1956). Ele também atuou no musical "Orfeu da Conceição" e na versão para o cinema, "Orfeu Negro", filme que ganhou a palma de ouro em Cannes. A obra traz fotos e toda a biografia deste múltiplo personagem. Edição bilíngue - português/inglês.
Compre no Submarino

Envie sua

mensagem


Uma iniciativa

Preservando e propagando
a cultura Afro-Brasileira


Afro
Visite também

Mulheres      Espiritu      Images of Brazilian Music      20 Exemplary cases      Postcards from Bahia


copyright © 1995-2006 by
Brazilianmusic.com
All rights reserved